Médico Formado pela USP

Estimulação Magnética no Tratamento de Insônia.

A Estimulação Magnética Transcraniana repetitiva (EMTr ou rTMS) atua promovendo neuroplasticidade, modulando as conexões sinápticas entre os neurônios, sendo que esse efeito persiste ao longo do tempo. Assim ela surge como uma estratégia terapêutica de grande potencial para o tratamento de distúrbios do sono.

O estudo de mais impacto que avaliou esse efeito foi de Jiang e colaboradores em 2013. Nesse estudo, foram avaliados 120 pacientes com insônia crônica primária, divididos em 3 grupos

  1. 40 pacientes foram tratados com medicação;
  2. 40 pacientes foram tratados com psicoterapia;
  3. 40 pacientes foram tratados com sessões de rTMS.

Os grupos foram tratados por 2 semanas. O grupo que recebeu rTMS apresentou melhora significativamente maior em estágios III e estágia REM de sono, comparado aos dois outros grupos. Além disso, o grupo que recebeu rTMS apresentou melhora em parâmetros hormonais ( como níveis de cortisol e de hormônios tireoidianos). O achado mais impressionante foi o último: após 3 meses de seguimento, o grupo de recebeu rTMS teve as menores taxas de recaída de insônia em comparação aos outros dois grupos. Ou seja, o tratamento com Estimulação Magnética Transcraniana levou a uma melhora maior da arquitetura do sono e manteve os pacientes bem por mais tempo que a psicoterapia e a medicação. Confira o estudo em: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23797608